É ucraniano e joga em Espanha: "Quero ir para a guerra e ajudar o meu povo"

É ucraniano e joga em Espanha: "Quero ir para a guerra e ajudar o meu povo"
Redação

Vasyl Kravets está em Espanha, onde joga futebol profissionalmente, mas quer rumar à Ucrânia e batalhar contra os invasores russos.

Vasyl Kravets, defesa-esquerdo que atua no Sporting Gijón por empréstimo do Leganés, afirmou que quer ira para a guerra na Ucrânia ajudar o seu povo. O futebolista ucraniano, de 24 anos, diz que não sabe como ajudar, por não saber "disparar" e "recarregar uma arma", mas que quer ser útil e defender o país.

"Estão a matar pessoas, civis... é tudo culpa do Putin. Não quero dizer que é culpa da Rússia, mas é de Putin. Somos um país que quer viver tranquilo. Não queremos atacar ninguém, queremos viver bem e tranquilos. Digo a verdade: quero ir para a guerra e ajudar o meu povo. Mas não sei como ajudar, porque não sei disparar [uma arma], não sei como me movimentar [na guerra], não sei recarregar uma arma... mas quero ajudar. Se puder ir, vou para a linha da frente defender o meu território", frisou Vasyl Kravets no programa "A Diario", da rádio Marca.