"É perigoso comparar este City com as grandes equipas de Ajax, Benfica ou Liverpool"

"É perigoso comparar este City com as grandes equipas de Ajax, Benfica ou Liverpool"
Redação

Roy Hodgson, técnico do Crystal Palace, deixou alerta em relação à qualidade evidenciada pelo Manchester City de Pep Guardiola.

O Manchester City caminha a passos largos para a conquista do título inglês e a mais recente vítima foi o Crystal Palace, que, no sábado, recebeu a equipa orientada por Pep Guardiola e saiu derrotada por 2-0.

Os "citizens" estão também perto de chegarem a uma inédita final da Liga dos Campeões, uma vez que bateram o PSG por 2-1 fora de casa, na primeira mão das meias-finais da prova, mas Roy Hodgson, histórico treinador inglês que está ao leme do Palace, considera que pode ser prematuro colocar a formação de Manchester ao lado de equipas históricas do futebol mundial.

"São um adversário muito complicado, é verdade, mas penso que é perigoso recuar no tempo e compará-los às grandes equipas de Ajax, Benfica ou Liverpool", afirmou o experiente técnico, em declarações tecidas após a partida de sábado.

"Essas equipas eram excelentes nas respetivas eras, jogaram um futebol marcante. Olhando agora para o Manchester City e para o jogo que fizeram em Paris, a verdade é que detetamos muito poucas fraquezas e muitos pontos fortes", prosseguiu Hodgson, antes de concluir o raciocínio: "Olhando para os últimos dois ou três anos, não vejo uma equipa que tenha sido melhor do que eles, mas, pegando no passado, talvez aponte o Ajax de Cruyff ou de Bergkamp como uma equipa de nível semelhante ou superior. No futuro, talvez tenha de mudar a minha perceção e colocar o City no topo", rematou.