Dois polícias feridos durante os protestos dos adeptos do Manchester United

Dois polícias feridos durante os protestos dos adeptos do Manchester United
Redação

Um agente da autoridade sofreu um corte profundo da cara depois de ser atacado com uma garrafa.

Foram momentos marcantes os que se viveram nas imediações de Old Trafford, casa do Manchester United, no domingo: centenas de adeptos dos "red devils" uniram-se em protesto contra os irmãos Glazer, proprietários do clube, numa manifestação que incluiu uma invasão ao estádio e confrontos com a polícia.

Na sequência desses confrontos, dois agentes ficaram feridos, um deles com um "corte profundo" na cara, segundo a imprensa inglesa, depois de ter sido atacado com uma garrafa.

As autoridades já condenaram a forma de protesto dos adeptos do United, que apontam "agressividade e hostilidade" aos protestantes.

O jogo entre a equipa de Manchester e o Liverpool, que estava agendado para as 16h30 de domingo, foi adiado por força das circunstâncias.