Diretor técnico do Santos demitiu-se por discordar do despedimento de Jesualdo

Diretor técnico do Santos demitiu-se por discordar do despedimento de Jesualdo

William Thomas considera que o processo foi mal conduzido e que o treinador português precisava de mais tempo

O diretor técnico do Santos, William Thomas, pediu hoje a demissão na sequência do despedimento de Jesualdo Ferreira.

O homem forte do futebol não gostou da forma como todo o processo foi conduzido pela direção do clube brasileiro.

Thomas foi um dos responsáveis pela ida do treinador luso para o Santos. Após a eliminação do clube no campeonato paulista, pelo Ponte Preta, que a administração do emblema discutia a sua continuidade, sendo que o diretor técnico sempre defendeu que Jesualdo Ferreira precisava de mais tempo no cargo para fazer valer os objetivos a que se propôs.

Pouco menos de dois dias após a saída da equipa técnica liderada pelo português, William Thomas renunciou ao cargo de diretor técnico e abandona o Santos.