Diretor do Ajax pede mudanças nos Países Baixos e faz comparação com o FC Porto

Diretor do Ajax pede mudanças nos Países Baixos e faz comparação com o FC Porto
Redação

Diretor comercial do Ajax está contra a forma de distribuição das receitas nos Países Baixos e faz referência a Portugal.

Menno Geelen, diretor comercial do Ajax, defende que a política de distribuição de receitas na Holanda está errada e realça a importância de um campeonato interno forte, fazendo uma comparação com a prestação das equipas portuguesas nas provas europeias.

"A ferramenta de marketing mais importante para promover a I Divisão é ter um forte desempenho na Europa. Um melhor desempenho europeu origina mais atenção sobre o campeonato holandês, o que significa maior receita de transmissões televisivas, mais dinheiro disponível para investir nas equipas. Isso leva a ter melhores jogadores e, como resultado, um desempenho ainda melhor na Europa".

"Mas, na Holanda, fazemos ao contrário. Pegamos no dinheiro dos clubes europeus e redistribuímos. A Holanda quer ser a sexta liga mais forte da Europa, mas para isso tem de ultrapassar Portugal. Se compararmos, o Ajax está ao nível do FC Porto. Mas as quatro melhores equipas de Portugal - FC Porto, Benfica, Sporting, Braga - têm um desempenho substancialmente melhor do que as nossas número dois, três e quatro. (...) Por isso, a coisa menos inteligente que se pode fazer é tirar mais dinheiro aos clubes europeus", reforçou Geelen.

Geelen referiu ainda: "Na Holanda as pessoas pensam como vão distribuir o bolo e não como o fazer aumentar ou como aproveitar a presença de clubes holandeses na Europa. Aqui pensa-se: 'ups, o Ajax vai ficar muito rico, vamos rapidamente retirar-lhe algum dinheiro. Até podemos pensar assim, mas isso não nos leva no caminho certo".