Diego Costa: a opção por Espanha, Scolari e ainda Jorge Mendes ao barulho

Diego Costa: a opção por Espanha, Scolari e ainda Jorge Mendes ao barulho
Redação

Internacional espanhol em declarações à ESPN.

Diego Costa, que em 2013 optou por jogar pela seleção espanhola, numa altura em que se destacava ao serviço do Atlético de Madrid, recordou esse período, nomeadamente as polémicas com Luiz Felipe Scolari [selecionador do Brasil na época].

"Eu sou um privilegiado: realizei o sonho de jogar pelo Brasil e joguei por outra grande seleção que é a espanhola", começou por afirmar no programa Resenha, da ESPN.

"Hoje as pessoas falam, mas os primeiros a criticar foram da própria imprensa brasileira. Na época em que eu fui convocado pelo Brasil, todos perguntavam quem era Diego Costa", continuou, antes de falar do empresário português Jorge Mendes.

"Quando eu estava na seleção [brasileira] saiu algo sobre os empresários, e o Felipão [Luiz Felipe Scolari] pegou no nome de todos os empresários dos convocados. Aí ele disse-me que eu era o único do empresário Jorge Mendes. Que história é essa? Se ele me convocou por causa do empresário, então eu estou [estava] no lugar errado!", revelou.

NÃO SAIA DE CASA, LEIA O JOGO NO E-PAPER. CUIDE DE SI, CUIDE DE TODOS

Depois dessa convocatória [em 2013, para jogos particulares frente a Itália e Rússia], não apareceu mais nas listas de convocados de Scolari.

"Depois do jogo particular contra a Rússia ele disse-me que me iria convocar novamente, porque eu tinha tido poucos minutos [33 minutos: 21 no empate frente a Itália e 12 no outro empate, contra a Rússia]. Não sei se foi só para me passar passar a mão na cabeça... Depois houve outros jogos de preparação. E lesionou-se o Hulk, lesionou-se o Fred e o Felipão não me convocava. Fiquei quieto, não é? Houve a Taça das Confederações, não me convocou", acrescentou, antes de concluir:

"Surgiu a possibilidade da Espanha, eu aceitei. Como dizer que não? Então quando saiu [nas notícias] que eu aceitei [jogar por Espanha], começaram a dizer que o Felipão me queria... Pô, não me ligou uma vez, como é que ele quer? Nessa altura ele foi dizer no Jornal Nacional que eu virei as costas ao sonho de milhões de brasileiros? Pelo amor de Deus, como é que viro as costas? Por que não diz que não me procurou? Por que não diz que não me convocou antes?".