Desastre com o Brentford resultou num castigo de quilómetros no United

Desastre com o Brentford resultou num castigo de quilómetros no United
Alexandre Dionísio

Depois da pesada derrota (4-0) na segunda jornada da Premier League, Erik ten Hag fez os jogadores correrem vários quilómetros, ao mesmo tempo que Inglaterra atravessa uma onda de calor.

A goleada sofrida na casa do Brentford (4-0), no sábado, a contar para a segunda jornada da Premier League, resultou em que Erik ten Hag cancelasse a folga prevista para domingo e convocasse uma "sessão de treinos extra" no Manchester United.

Os pormenores dessa sessão são esta segunda-feira revelados pelo Daily Mail, que explica que o técnico neerlandês submeteu o plantel dos red devils, incluindo Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes e Diogo Dalot, a um castigo especial.

Na derrota de sábado, os red devils correram, coletivamente, um total de 95,6 quilómetros, número inferior aos 109,4 km percorridos pelo Brentford, pelo que o técnico obrigou os jogadores a correrem uma distância muito próxima da diferença (13,5 km).

Com este castigo, Ten Hag pretende demonstrar que não irá tolerar falta de empenho nos treinos, o que considera ser a justificação para o péssimo arranque da equipa na Premier League: dois jogos, zero pontos, um golo marcado, seis sofridos.

A mesma fonte acrescenta que Cristiano Ronaldo não está nas boas graças da equipa técnica, depois de não ter cumprimentado Erik ten Hag no final da partida com o Brentford e ter ainda rejeitado uma indicação do adjunto Steve McLaren, que lhe terá pedido para se dirigir aos adeptos.