Desafiaram Robben a escolher o melhor treinador: "É difícil..."

Desafiaram Robben a escolher o melhor treinador: "É difícil..."

Internacional holandês colocou ponto final na carreira de jogador.

Arjen Robben colocou um ponto final na carreira de jogador já este verão, depois de terminar contrato com o Bayern. Foram 19 anos como profissional ao serviço de cinco clubes: Groningen, PSV Eindhoven, Chelsea, Real Madrid e, por fim, o emblema de Munique.

Em entrevista ao Sport Bild, o antigo internacional holandês passou a recheada carreira em revista e foi desafiado a eleger o melhor treinador com quem trabalhou. Robben disse que a decisão era "difícil", uma reposta pouco surpreendente, uma vez que se cruzou com nomes como José Mourinho, Carlo Ancelotti ou Van Gaal. Mas, no final, acabou por optar por Pep Guardiola.

"É uma decisão difícil, vivi coisas muito bonitas com muitos treinadores. Mas, se me perguntam quem é o melhor, digo Guardiola. No que toca ao futebol, é brilhante", afiançou o ex-jogador, de 35 anos. "Quando Pep chegou [ao Bayern] eu tinha 30 anos e, nessa idade, só tentas ser regular e não piorar. Mas com ele fiquei ainda melhor. Foi o melhor para mim", acrescentou Robben.