Depois do tweet viral, PSG afirma que não tem acordo com Messi

Depois do tweet viral, PSG afirma que não tem acordo com Messi
Redação

Após tweet bombástico na sexta-feira, quando um membro da família proprietária do PSG garantir que o acordo estaria fechado, coube ao clube francês pronunciar-se e negar o desfecho positivo.

Pelo menos por agora, Messi não é jogador do PSG. Um dia após Khalifah Bin Hamad Al Thani, membro da família Al Thani (Tamim bin Hamad Al Thani, emir do Catar, comprou o PSG em 2011) vir a público afirmar que o astro argentino estaria contratado pela equipa francesa, coube ao próprio clube vir a público negar que o negócio tenha sido concluído.

Procurado pelo site inglês Goal, o departamento de comunicação dos parisienses desmentiu as afirmações e disse que que "não há nenhum entendimento entre o clube e os representantes de Messi".

Apesar do desmentido, os rumores sobre a transferência de Messi para a França seguem fortes. Este sábado o jornal L'Équipe deu detalhes sobre a duração do contrato e o possível salário do astro argentino.

O Barcelona anunciou na última quinta-feira que não iria renovar o contrato com Lionel Messi, que tinha terminado no final de junho, justificando a decisão com "obstáculos económicos e estruturais", mais concretamente regras financeiras impostas pela Liga espanhola (La Liga) aos clubes.

Com esta separação, Lionel Messi, seis vezes vencedor da Bola de Ouro, vai mudar pela primeira vez de clube, aos 34 anos, e depois de 672 golos, 778 jogos e 34 títulos na equipa principal dos catalães.