De melhor do mundo a motorista na Uber

De melhor do mundo a motorista na Uber

Raví Paschoa, eleito melhor jogador do mundial sub-17, é agora motorista na Uber após quase um ano no desemprego

Campeão do Brasil e melhor guarda-redes do Mundial de Clubes de sub-17, em 2011, Raví Paschoa estava longe de imaginar que, cinco anos depois, deixaria o Corinthians para se tornar motorista na Uber.

A história é contada pelo portal brasileiro Lance, que revela que o jovem guarda-redes não conseguiu encontrar um novo clube depois de sair do Corinthians, clube que representou durante 14 anos, em abril de 2015. Ao fim de quase um ano no desemprego, Raví Paschoa conseguiu um emprego enquanto motorista na empresa Uber e vai juntando dinheiro enquanto não surgem propostas do seu agrado.

"Acabas por precisar de dinheiro, todos precisamos", adiantou Paschoa, revelando que está em negociações com "um clube da Finlândia".