Crotone evita descida ao ganhar 4-3 em Parma, Sassuolo "ameaça" Roma

Crotone evita descida ao ganhar 4-3 em Parma, Sassuolo "ameaça" Roma
Redação com Lusa

O Crotone evitou este sábado a despromoção da Liga italiana de futebol ao vencer por 4-3 em casa do Parma, na 33.ª jornada, em que o Sassuolo bateu a Sampdoria (1-0) e aproximou-se da Roma de Paulo Fonseca.

Perante um Parma também "aflito", no 19.º e penúltimo lugar, o Crotone, que lançou Pedro Pereira já nos descontos, sabia que não podia perder, sob pena de confirmar matematicamente a descida da Serie A.

O resultado foi uma "chuva" de golos na primeira vitória dos forasteiros fora de casa desde 07 de março, contra o Torino: o defesa argentino Magallán abriu o marcador, aos 14 minutos, mas o brasileiro Hernâni, antigo jogador do Atlético CP, igualou aos 29.

O nigeriano Simy (42) e o argelino Ounas (45+1) deixaram o lanterna-vermelho mais desafogado ao intervalo, mas o costa-marfinense Gervinho (49) e o romeno Mihaila (54) "assustaram", antes de Simy bisar, aos 69, e sentenciar o encontro.

Contas feitas, o Crotone ainda é 20.º e último, com 18 pontos, mas a quinta vitória no campeonato permite-lhes ficar a dois pontos do Parma, mas ainda a "penosos" 13 da manutenção, quando estão somente 15 pontos em disputa.

O Génova afastou-se dos lugares de descida ao bater o Spezia por 2-0, destacando-se no 13.º posto, enquanto o Sassuolo beneficiou de um golo solitário de Berardi, o avançado de sempre daquele emblema, para levar de vencida a Sampdoria.

O triunfo caseiro deixa a equipa de Roberto de Zerbi com 10 pontos de vantagem sobre o rival de hoje, seguindo no oitavo posto mas agora a três pontos da Roma, sétima classificada.

A equipa de Paulo Fonseca venceu apenas uma partida das últimas cinco e, no domingo, visita o Cagliari, 18.º e antepenúltimo, em posição de descida, num dia em que o líder Inter de Milão recebe o Verona.

A Juventus, campeã em título e no quarto lugar, prossegue a perseguição à dupla milanesa da frente em casa da Fiorentina, com o AC Milan, segundo, a visitar a Lazio, sexta posicionada. A Atalanta, terceira, recebe o Bolonha.