Críticas ao Barcelona: "Só falaram tchau e tchau. Foi feio da parte do clube"

Críticas ao Barcelona: "Só falaram tchau e tchau. Foi feio da parte do clube"
Redação

Médio brasileiro, agora jogador do treinador português Abel Ferreira no Palmeiras, recordou saída do Barcelona e não escondeu revolta com tratamento recebido na equipa catalã.

Reforço do treinador português Abel Ferreira no Palmeiras, o médio brasileiro Matheus Fernandes ainda guarda mágoas do Barcelona. Após o despedimento por e-mail e, o atleta não escondeu a frustração com o tratamento recebido na Espanha.

"Não sabia, e quando recebi não acreditei (sobre a rescisão). Estava em casa, ia sair com a minha esposa, recebo uma mensagem do pessoal do clube perguntando se estava com o mesmo e-mail, confirmei e aí recebi. Não entendi bem, mandei para meu empresário e advogado. Disseram-me que era a minha rescisão. Falei: "ah, mentiram, não fizeram isso'. Passou um tempo e estava na imprensa. Nem conversa, nada, nem me ligaram para falar 'oi e tchau'", lamentou Matheus, em entrevista ao Globoesporte.

Matheus revelou que teve problemas com Ronald Koeman. Rejeitado, ouviu do antigo treinador que não era jogador para o Barcelona. "Não falaram nada comigo (Direção). Só falaram tchau e tchau. Foi errado, foi feio da parte do clube. Nem sei como está, deixo na mão dos meus advogados. Vamos ver, ainda não sei como está essa parte tão delicada. A gente não quer, mas... já era. Acho muito antiprofissional", disse.