"Com 14 anos, disse-me que não ia sofrer mais e que ia ser futebolista da primeira divisão"

"Com 14 anos, disse-me que não ia sofrer mais e que ia ser futebolista da primeira divisão"
Redação

Mãe de Iñaki e Nico Williams, Maria, fala da carreira dos filhos, que dividem balneário e brilham no Athletic Bilbau.

Nico e Inãki Williams são dois irmãos que partilham balneário no Athletic Bilbau e que tem estado em bom plano na equipa basca. O primeiro, o mais novo, começou a aparecer esta temporada (já tem 23 jogos) e marcou o golo da vitória sobre o Atlético de Madrid, na quinta-feira, a contar para a meia-final da Supertaça de Espanha; o segundo, mais velho e das maiores figuras do clube nos últimos anos, também está a fazer uma temporada a bom nível. Dos dois, a mãe, Maria, sente "muito orgulho".

Em entrevista à Marca, a progenitora dos avançados espanhóis falou sobre o momento dos filhos e do passado difícil.

"Com dois anos, o Iñaki já celebrava os golos do Ahtletic com uma camisola que o padrinho lhe ofereceu. Eu já sabia que ia dar futebolista. Um senhor do bairro levava-o a treinar com quatro anos... é muito difícil chegar a este nível. Mas há que apoiar os filhos quando começam. Com oito anos, chorava se não pudesse ir treinar. Com 14, disse-me que não ia sofrer mais e que ia ser futebolista da primeira divisão. Para evitar o sofrimento dos pais", contou Maria.

"O Iñaki está muito orgulhoso pelo irmão ter marcado o primeiro golo na Supertaça. E eu também. Estou orgulhosa dos dois, até começo a chorar. O que eles passaram não foi fácil. O Iñaki fez muito pelo Nico, sempre o apoiou. Dá-lhe conselhos e o Nico escuta-o", referiu acerca da relação dos irmãos.