Carrick na hora da despedida: "É o momento certo, nunca esquecerei as memórias fantásticas"

Carrick na hora da despedida: "É o momento certo, nunca esquecerei as memórias fantásticas"
Redação com Lusa

Antigo médio, ex-adjunto de Solskjaer, findou a ligação ao emblema de Old Trafford com um triunfo sobre o Arsenal, durante um período de orientação interina

O inglês Michael Carrick, que vai deixar os ingleses do Manchester United, considerou ser o momento certo para realizar essa saída, anunciou esta quinta-feira o antigo futebolista, que treinou interinamente os red devils nos últimos três desafios.

"A minha passagem por este grande clube será sempre recordada como os melhores anos da minha carreira. Quando assinei pela primeira vez, há 15 anos, nunca, nos meus sonhos mais loucos, poderia imaginar ganhar tantos troféus. Certamente, nunca esquecerei as memórias fantásticas tanto como jogador como membro da equipa técnica", observou Carrick, após a vitória do United sobre o Arsenal (3-2), com um 'bis' de Ronaldo e golo de Bruno Fernandes.

O antigo médio revelou que "depois de muito pensar, decidiu que é o momento certo para deixar o clube". Carrick, internacional inglês em 33 ocasiões, representou os "red devils" entre 2006 e 2018, disputando um total de 462 partidas, antes de ingressar na equipa técnica do português José Mourinho, desempenhando, mais tarde, as mesmas funções de adjunto ao lado de Ole Solskjaer, despedido em 21 de novembro.

Após a saída de Solskjaer, que não conquistou nenhum título pelo clube, Carrick assumiu provisoriamente o leme da equipa até à chegada do novo técnico. Na Liga dos Campeões, o ex-adjunto do norueguês conseguiu uma vitória por 2-0 ante o Villarreal e impôs um empate 1-1 na visita ao líder Chelsea.

Na passada segunda-feira, o alemão Ralf Rangnick, de 63 anos, foi contratado para assumir o cargo de treinador até ao fim da época, sendo que ficará mais dois anos como conselheiro do clube, no qual também alinha o luso Diogo Dalot.

O antigo treinador do Leipzig vai iniciar funções nos "red devils" esta quinta-feira e vai estrear-se no próximo domingo, no embate frente ao Crystal Palace, relativo à 15.ª jornada da Premier League.