Cânticos racistas voltam a sair caro à Lázio

Cânticos racistas voltam a sair caro à Lázio

Clube romano terá setor do estádio fechado nos próximos dois encontros da Serie A.

Um setor do estádio da Lázio estará fechado nos próximos dois jogos em casa da formação romana no campeonato italiano, como punição por cânticos racistas, indicou esta terça-feira o conselho de disciplina da liga transalpina.

O problema da Lazio em lidar com a questão do racismo entre os seus adeptos conheceu no domingo novo episódio, durante o triunfo frente ao Sassuolo (6-1), com cânticos depreciativos dirigidos aos jogadores visitantes Claud Adjapong e Alfred Duncan.

O conselho de disciplina da Liga italiana determinou o encerramento da Curva Nord do estádio da Lázio para a receção ao Cagliari, em 22 de outubro, bem como para a visita da Udinese, a 5 de novembro, fazendo cumprir a pena suspensa por cânticos racistas durante o dérbi com o Roma, a 30 de abril.

Na semana passada, a Lázio venceu a formação belga do Zulte Waregem, por 2-0, em jogo da Liga Europa, disputado à porta fechada, devido ao castigo da UEFA por cânticos racistas dirigidos a um jogador de Sparta Praga, há duas épocas.