Camavinga, golaço e marca histórica: desde 1914 que não se via algo assim

Camavinga, golaço e marca histórica: desde 1914 que não se via algo assim
Redação

O médio de 17 anos fez história na seleção francesa.

A noite de quarta-feira ficou marcada por vários jogos de preparação entre seleções e um dos grandes destaques foi para a goleada aplicada pela campeã do Mundo França à Ucrânia, por 7-1.

Dentro da chuva de golos gaulesa, as luzes da ribalta incidiram sobre o "petiz" Eduardo Camavinga: com apenas 17 anos e 11 meses, o médio do Rennes foi titular e faturou, alcançando uma marca histórica.

Com o remate acrobático que desfeiteou o guardião Bushchan, Camavinga tornou-se no mais jovem jogador a marcar pelos "bleus" desde o longínquo ano de 1914, quando Maurice Gastiger marcou à Suíça com apenas 17 anos e cinco meses.

Camavinga, recorde-se, é alvo da cobiça do Real Madrid e o Rennes até terá recusado uma oferta na ordem dos 80 milhões de euros durante o verão.