Brexit: Ronaldo, Messi e outros craques podem ser impedidos de entrar no Reino Unido

Brexit: Ronaldo, Messi e outros craques podem ser impedidos de entrar no Reino Unido

Caso não haja acordo na saída do Reino Unido da União Europeia, vários craques podem ficar impedidos de entrar em solo britânico, explica advogado.

Se o Reino Unido deixar a União Europeia sem acordo a 31 de outubro, vários craques do futebol mundial podem ficar impedidos de entrar em território britânico.

Algo que pode afetar os planos de diversas equipas que disputam a Liga dos Campeões e a Liga Europa, com o advogado Andrew Osborne a explicar o porquê desta hipótese.

"Se fores cidadão da União Europeia e tiveres sido condenado [incluindo penas suspensas] por alguma ofensa, ser-te-á negada a entrada no Reino Unido", explica, citado pelo Daily Mail. Cristiano Ronaldo e Messi, por exemplo, foram acusados e condenados a penas suspensas por fraude fiscal. Marcelo e Diego Costa são outros exemplos de jogadores que se incluem neste contexto.

Na teoria, caso o Reino Unido deixe a UE sem acordo, Juventus e Barcelona podem ficar privados dos respetivos craques se tiverem de jogar em Inglaterra nas provas europeias.