Bétis, Levante e VillarReal seguem em frente na Taça do Rei

Bétis, Levante e VillarReal seguem em frente na Taça do Rei
Redação com Lusa

O jogo mais equilibrado foi aquele em que o Bétis, com William Carvalho como suplente, se superiorizou à Real Sociedad, após prolongamento.

Bétis, Levante e VillaRreal foram os três primeiros clubes apurados nos oitavos de final da Taça do Rei de Espanha, fase que prossegue na quarta-feira com mais três partidas.

O jogo mais interessante e equilibrado aconteceu em Sevilha, onde o Bétis, com William Carvalho como suplente utilizado, se superiorizou à Real Sociedad, por 3-1, após prolongamento.

Em Valladolid, o Levante ganhou por 4-2 e o Villarreal foi triunfar por 1-0 no terreno do Girona, único clube do secundo escalão em ação.

No estádio Benito Villamarín, no centro de Sevilha, o herói foi Borja Iglesias, que entrou aos 85 minutos, com 1-1 no marcador, para 'bisar' no prolongamento e dar o triunfo à equipa 'verde e branca'.

Adiantaram-se os bascos aos 13 minutos, com o golo de Mikel Oyarzabal. O panorama poderia ter mudado completamente aos 48 minutos, com a expulsão de Illarramendi, por duplo cartão amarelo, mas os sevilhanos não conseguiram tirar partido da vantagem numérica.

Nova expulsão, agora Sanabria, do Bétis, por jogo violento, aos 75 minutos, parecia 'sentenciar' o ímpeto da recuperação dos homens da casa, mas o empate apareceu mesmo, aos 78 minutos, com o golo de Canales.

A cinco minutos dos 90, e antevendo o prolongamento como inevitável, o chileno Manuel Pellegrini procedeu a alterações, reforçando o meio campo com William Carvalho - ainda a recuperar ritmo, após lesão longa - e refrescando o ataque, com Borja Iglesias.

As mudanças foram essencias para o sucesso e foi mesmo Borja Iglesias que 'desatou' o empate, com golos aos minutos 96 e 111.

Em Valladolid, Rúben Vezo foi titular no triunfo do Levante sobre a equipa local, por 4-2.

Começaram melhor os homens de Valladolid, com o golo de Toni Villa, aos 13. Respondeu o clube valenciano com os tentos de Bardhi (23), Malsa (45) e Coke (59).

Weissmam ainda reduziu, aos 65, após o que Morales fechou a vitória do Levante por 4-2, com uma grande penalidade convertida aos 80 minutos.

Unay Emery deu descanso a vários titulares habituais do Villarreal em Girona. Sem pressionar muito, o clube visitante fez o 1-0 aos 19 minutos, através de Yeremi Pino, e depois geriu o avanço.