Benzema ausente do julgamento por chantagem a Valbuena

Benzema ausente do julgamento por chantagem a Valbuena
Redação

Caso remonta a 2015

O futebolista francês do Real Madrid Benzema esteve hoje ausente da primeira sessão do julgamento, em Versailles (Paris), no qual é acusado de chantagear o colega de seleção Valbuena com a divulgação de um vídeo sexual privado.

O advogado do internacional gaulês de 33 anos, Antoine Vey, justificou-o com razões "profissionais".

Benzema marcou terça-feira o último dos cinco golos sem resposta com que os "merengues" golearam o Shakhtar Donetsk, na Ucrânia, a contar para a terceira jornada do Grupo D da Liga dos Campeões, seguindo-se uma clássica visita ao rival FC Barcelona, na Liga espanhola.

O representante legal do médio Mathieu Valbuena, de 37 anos e atualmente a representar os gregos do Olympiacos, lamentou a ausência de Benzema, até porque o seu cliente esteve presente no tribunal.

Os factos ocorreram há mais de cinco anos, durante um estágio da seleção francesa, depois de Valbuena ter recorrido a serviços de recuperação de dados do seu telemóvel.

Perante o esquema de chantagem - há outros quatro acusados no processo -, Benzema diz ter apenas tentado ajudar Valbuena a resolver o problema, mas arrisca agora, em caso de condenação, uma pena prisão de até cinco anos e 75 mil euros de multa.