Barça apoia independentistas

O Barcelona decidiu aderir ao chamado Pacto Nacional pelo Direito de Decidir (PNDD), uma plataforma que congrega mais de 3500 entidades e associações pelo direito de decidir dos catalães

Em declarações à Rádio Catalunha, o presidente do PNDD, Joan Rigol, confirmou, esta sexta-feira, a receção de uma carta assinada pelo presidente do Barcelona, Sandro Rosell, no qual manifesta a vontade do clube em aderir à iniciativa.

Na missiva, o líder dos blaugrana assegurou que o Barcelona estará sempre ao lado do país [Catalunha] e do seu povo e, ainda, "dos direitos das pessoas e de todos os povos.

Esta posição não tem caído nada bem nos fóruns dos clubes e jornais espanhóis, com a esmagadora maioria dos cibernautas a afirmar que, e perante uma Catalunha independente, o Barcelona não poderá jogar na Liga espanhola.