Balotelli é "castigo de Deus"

Italiano comemorou o primeiro golo da temporada com uma nova tatuagem: uma frase de Genghis Khan, antigo conquistador mongol.

Mário Balotelli apontou o primeiro golo da temporada frente ao Wigan e assinalou o feito com uma tatuagem, informa o "lancenet". O avançado italiano fez uso de um ensinamente de Genghis Khan, antigo conquistador mongol que viveu há quase mil anos.

"Eu sou uma punição de Deus. Se não tivesses cometido grandes pecados, Deus não teria enviado um castigo como eu para cima de ti", tem Balotelli agora escrito no peito.