As incríveis razões que levaram Heinze a ser despedido pelo Atlanta

As incríveis razões que levaram Heinze a ser despedido pelo Atlanta
Redação

O argentino esteve no comando técnico do Atlanta United em 17 jogos, 13 a contar para a MLS e quatro a contar para a Liga dos Campeões da CONCACAF, somando quatro vitórias, oito empates e cinco derrotas.

Gabriel Heinze, 48 anos, foi despedido do comando técnico do Atlanta United após 13 jornadas na MLS, mas o que salta à vista são as razões agora divulgadas pela "Fox Sports".

Segundo as informações, o antigo lateral-esquerdo que até chegou a passar pelo Sporting, em 1998/89, terá sido demitido por ter um "péssimo relacionamento" com os jogadores.

De limitar a quantidade de água que os jogadores podiam beber durante os treinos de pré-época, à recusa de conceder folgas que já definidas, passando ainda pela exigência de que todos estivessem disponíveis a deslocarem-se ao centro de treinos sempre que lhes fosse exigido, várias foram as razões adiantadas pela "Fox Sports".

Os jogadores terão mesmo recorrido à Associação de Jogadores para apresentar uma queixa formal contra o treinador à MLS, alegando violação do acordo coletivo de trabalho.

O argentino esteve no comando técnico do Atlanta United em 17 jogos, 13 a contar para a MLS e quatro a contar para a Liga dos Campeões da CONCACAF, somando quatro vitórias, oito empates e cinco derrotas.