Árbitra transexual faz história em Israel: "Longa e maravilhosa viagem"

Árbitra transexual faz história em Israel: "Longa e maravilhosa viagem"
Redação

Sapir Berman, antes Sagui Berman, tornou-se na segunda-feira na primeira árbitra transexual a apitar um jogo no campeonato israelita de futebol.

Fez-se história em Israel. Sapir Berman, antes Sagui Berman - nome masculino -, converteu-se na primeira árbitra transexual a apitar um jogo de futebol no seu país, depois de consumada a mudança de género.

Berman - que arbitra no campeonato de Israel desde 2011 - anunciou no final de abril que iria mudar de identidade sexual e de nome, algo que agora se concretizou, tendo na segunda-feira dirigido a partida entre Hapoel Haifa e Beitar Jerusalén, que terminou com a vitória da equipa visitada, por 3-1.

No início do jogo Sapir Berman foi recebida no Estádio Ofer de Haifa sob aplausos dos espectadores, não tendo faltado, no entanto, algumas vaias.

Um adepto mostrou mesmo um cartaz com uma fotografia da árbitra e a mensagem "Sapir, estamos todos contigo".

Já a Associação Israelita de Futebol recorreu às redes sociais para destacar o feito. "Este é o primeiro passo de uma longa e maravilhosa viagem. Sapir, estamos orgulhosos de o fazer contigo", pode ler-se no Twitter.