Após regresso com golo, Ansu Fati garante: "Usar o número 10? Para mim não é pressão"

Após regresso com golo, Ansu Fati garante: "Usar o número 10? Para mim não é pressão"
Redação

Após 323 sem jogar, Ansu Fati regressou e marcou um dos golos da vitória do Barcelona este domingo.

Foram 323 dias longe dos relvados a recuperar-se de uma grave lesão. Mas o regresso de Ansu Fati não poderia ser melhor. Considerado uma das grandes joias do Barcelona na atualidade, o jovem de 18 anos marcou um dos golos da vitória diante do Levante (3-0), este domingo.

Apontado como um "herdeiro de Messi", o jogador é o novo 10 culé. E garantiu: não sentiu-se pressionado.

"Usar o número 10? Para mim, não é uma pressão. Usar essa camisola depois de Messi é um orgulho. Quero agradecer ao clube e aos capitães da equipa por me darem a oportunidade de vestir essa camisola. Estou muito agradecido por usar esse número, que é tão importante na história do clube - disse Ansu Fati.

Na hora de festejar, Fati não se esqueceu do médico do Barcelona. "Não tinha nada preparado para a comemoração, saiu assim porque o médico esteve comigo todos esses meses. Eu havia prometido ao meu pai e ao meu irmão também, mas o protocolo da covid-19 não me permitia subir (até as bancada), mas estou muito feliz, foi tudo de improviso" afirmou.

Nas redes sociais, o avançado deixou uma mensagem de agradecimento pelas mensagens e força durante a sua recuperação. "Estou muito feliz por regressar ao futebol, pela vitória e pelo golo! Obrigado a todos que ajudaram-me nos últimos meses e obrigado aos adeptos pelo amor! Força Barça", escreveu.