UEFA reage ao polémico golo de Mbappé e admite alterações

UEFA reage ao polémico golo de Mbappé e admite alterações
Redação

Golo que valeu a conquista da Liga das Nações à seleção francesa continua envolto em muita polémica.

Continua a polémica em torno do golo de Kylian Mbappé na final da Liga das Nações entre Espanha e França, que deu aos gauleses a conquista da segunda edição da prova. De recordar que, apesar de o internacional francês ter partido de posição irregular, o golo foi validado, uma vez que Éric García tocou na bola depois do passe de Theo Hernández.

Pois bem, esta sexta-feira o jornal "As" garante que a UEFA decidiu estudar alterações na lei do fora de jogo, que acabou por validar o golo do jogador do PSG.

O diretor de arbitragem da UEFA, Roberto Rosetti, considera que "Anthony Taylor tomou uma decisão correta com base na lei existente e na sua interpretação oficial", uma vez que "o jogador interveio deliberadamente para jogar a bola e o adversário não interferiu".

No entanto, Rosetti admite que poderão existir mudanças.

"Este caso mostra que a interpretação atual da lei parece estar em conflito com o espírito da mesma lei, que é o de evitar que qualquer jogador tire partido da sua posição de fora de jogo. A posição da UEFA é a de que existem formas de melhorar a redação [da lei] para a alinhar com o objetivo da lei do fora de jogo e com o objetivo do jogo. Já contactei os meus colegas da FIFA e da IFAB e discutirei soluções na próxima reunião", afirmou.