"Solskjaer não é o homem certo. Conte teria dito 'marca o Ronaldo, se não gostas, Bruno..."

Solskjaer vai continuar no Manchester United

 foto EPA

Desde que o Manchester United perdeu com o Aston Villa, em jogo da sexta jornada da Premier League, Ole Solsjkaer tem sido contestado pela crítica britânica. Para Gabby Agbonlahor, ex-jogador do "carrasco" dos red devils, o técnico islandês deve ser substituído e exemplificou a alegada falta de liderança nesse desaire.

"Penso que o Ole não é o homem certo. Se fosse com o [Antonio] Conte ele teria dito 'o Ronaldo marca o penálti, se não gostas Bruno [Fernandes], então senta-te aqui comigo [no banco]'. O Ole não tem essa coragem", afirmou o inglês, referindo-se ao castigo máximo falhado por Bruno Fernandes, que poderia ter empatado o marcador.

"O United precisa tirar o Ole do banco de suplentes e trazer o Conte. Ele vai conseguir tirar o melhor destes jogadores", considerou Gabby Agbonlahor, elegendo o antigo treinador campeão italiano do Inter, na última temporada, como sucessor do homólogo norueguês.

Ao 'TalkSport', O ex-jogador inglês do Aston Villa sustentou a opinião com o efeito criado pela troca, em 2020, de Frank Lampard por Thomas Tuchel no Chelsea, que sob orientação do alemão venceu a última edição da Liga dos Campeões.

"O Chelsea fez isso com o Lampard, livrou-se de uma [antiga] estrela da equipa, trouxe o Tuchel e vejam o que aconteceu. O United tem de se livrar dele e trazer o Conte", assinalou Agbonlahor, "ou o Zidane", juntou, nomeando dois técnicos sem clube.