Simeone comenta substituição de João Félix por Felipe quando perdia por 2-0

.

 foto AFP

.

 foto EPA

Aos 57 minutos e a perder por 2-0, Simeone tirou um avançado para colocar um defesa-central. Os adeptos assobiaram a escolha do treinador, mas acabaram a festejar a vitória por 3-2.

O Atlético de Madrid conseguiu uma remontada épica e venceu o Valência por 3-2, mas o cenário afigurou-se complicado. E a perder por 2-0, aos 57 minutos, Diego Simeone decidiu substituir o avançado pelo João Félix pelo defesa-central Felipe. Os adeptos não gostaram e assobiaram a decisão do treinador dos colchoneros.

No final da partida, em declarações aos jornalistas, o técnico argentino explicou o que pretendia com a substituição. "As substituições são muitas vezes o que se sente no momento. Senti que se procurássemos a vitória com jogadores por fora e fortalecendo a defesa com o Felipe... senti que seria assim que íamos ganhar o jogo. Precisávamos do Felipe para travar o contra-ataque do adversário. É uma daquelas noites que vão ficar na memória. O que eu senti? Senti que é maravilhoso estar onde estou", comentou Simeone.