"Não percebo nada disto, ninguém merecia tanto a Bola de Ouro como Lewandowski"

.

 foto AFP

Lewandowski ficou em segundo lugar, atrás de Messi, e Lothar Matthaus defende que tinha de ser o polaco a vencer a Bola de Ouro.

Lothar Matthaus, antigo futebolista alemão que se destacou no Bayer e no Inter, estranhou a entrega da Bola de Ouro a Messi. O vencedor do troféu em 1990 diz que Lewandowski merecia ter conquistado o galardão em 2021.

"Sinceramente, não percebo nada disto. Com todo o respeito pelo Messi e por todos os outros grandes jogadores, ninguém merecia tanto o prémio como Lewandowski. Ninguém foi tão consistente como ele semana após semana. Não percebo como não venceu", referiu, citado pela imprensa internacional.

O argentino Lionel Messi bateu o polaco Robert Lewandowski por 33 pontos e garantiu pela sétima vez a Bola de Ouro, prémio do France Football para o melhor futebolista do ano.

Segundo a tabela revelada pela revista francesa, Messi somou um total de 613 pontos, contra os 580 de Lewandowski, avançado do Bayern Munique. O ítalo-brasileiro Jorginho, que joga no Chelsea, ficou no terceiro lugar, mas longe dos dois primeiros, somando um total de 460 pontos.