Ibrahimovic: "O meu irmão estava à minha espera, morreu à minha frente"

Ibrahimovic

 foto AFP

Declarações do craque do Milan na apresentação da sua biografia, "Adrenalina, as minhas histórias por contar".

Zlatan Ibrahimovic recordou a morte do irmão na biografia "Adrenalina, as minhas histórias por contar", que esta semana chegou às bancas.

Na apresentação do livro, o craque do Milan falou sobre o episódio e lembrou a realidade do pai durante a guerra na Jugoslávia.

"Todos os dias recebia notícias sobre a morte de alguém que conhecia. Ele ajudou os refugiados e sempre fez por proteger-me de tudo isso. Quando a irmã dele morreu na Suécia, eu não estava lá. Mas quando o meu irmão Shapko morreu de leucemia, fui. O meu irmão estava à minha espera, morreu à minha frente", começou por dizer o internacional sueco.

"Sepultámo-lo de acordo com os costumes muçulmanos. O meu pai não derramou uma lágrima, mas no dia seguinte foi ao cemitério e chorou de manhã até à noite. Sozinho", concluiu.