Higuaín: "Às vezes mostrava a barriga para as fotografias, sabia como o 'filme' ia terminar..."

Gonzalo Higuaín

 foto Reuters / Tony O'Brien

Avançado de 34 anos recorda passagem pela Juventus.

Gonzalo Higuaín está desde 2020 no Inter Miami, clube de David Beckham, depois de uma ligação à Juventus que durava desde 2017, com empréstimos ao Milan e ao Chelsea pelo meio.

Em entrevista à TyC Sports, o avançado de 34 anos, que também conta com passagens por River Plate, Real Madrid e Nápoles, recordou a sua passagem pela "Vecchia Signora", considerando que foi na Juventus que sofreu maior pressão quanto à condição física. De recordar que o avançado foi várias vezes criticado devido ao seu peso.

"Turim era o lugar mais exigente em termos de peso. Todos os anos me fotografavam e depois marcava 30 golos por ano", começou por dizer.

"Adorava que as publicassem [as fotografias] nas redes sociais, pois eu sabia como o 'filme' iria terminar. Às vezes mostrava a 'pancita' [barriga]. Depois marquei o número recorde de golos num ano. Gostei, disseram-me todo o tipo de coisas: 'Deixem o touro soltar-se', por exemplo", continuou, antes de lembrar os jogos frente ao Nápoles, que trocou pela "Juve".

"O ódio, ressentimento e insultos voltaram para eles, porque em oito jogos marquei seis golos contra eles. A escolha acabou por ser a correta porque no primeiro ano chegámos à final da Liga dos Campeões. Foi a única vez que a pude jogar."