Darwin sente-se sem confiança: "Não entendo nada do que diz o Klopp"

Darwin está a sentir dificuldades nos primeiros tempos em Liverpool

 foto AFP

Darwin não fala inglês fluentemente e tem dificuldade em perceber o que diz Jurgen Klopp nas palestras. Vai contando com a ajuda de Pep Lijnders e Vítor Matos numa altura em que assume estar com pouca confiança.

Depois da vitória (2-0) do Liverpool sobre o Rangers para a Liga dos Campeões, na noite de terça-feira, Darwin Núñez admitiu que tem dificuldade em perceber as indicações de Jurgen Klopp e referiu que está com alguma falta de confiança. O avançado ex-Benfica não marca há seis jogos pelos reds, mas ontem foi aplaudido pelos adeptos no momento em que foi substituído.

''A verdade é que eu, sinceramente, não entendo nada quando ele fala nas palestras antes dos jogos. Claro, pergunto aos meus companheiros para saber o que ele disse. Acho que ele tem muito claro o seu estilo de jogo. Ele pede-nos que façamos as coisas simples, que não tenhamos medo de jogar, que tenhamos confiança. E na hora de perder uma bola, quer que nós pressionemos. É isso que ele nos pede sempre, nós sabemos'', afirmou, em declarações à TNT Sports.

A confiança do uruguaio não está em altas, mas os companheiros de equipa têm ajudado.

"Às vezes sinto-me um pouco indeciso, não me sinto com a confiança total. O Klopp passa-me sempre confiança, tal como o Pep Lijnders (treinador-adjunto) e o Vítor Matos (membro da equipa técnica de Klopp), que são quem fala português e fazem a tradução para mim. Os meus companheiros têm conversado comigo e dizem-me para ter calma. Quando fazem isso ficou realmente mais calmo, porque sei que caso faça alguma coisa mal, eles protegem-me. E eu também estarei sempre pronto para protegê-los, somos um grupo muito unido. Tenho que mostrar o meu jogo e o golo vai chegar. É como o ketchup", finalizou Darwin.