Al-Khelaifi rejeita saída de Messi e "pisca o olho" a Rashford: "Talvez no verão..."

.

 foto AFP

Messi não vai sair do PSG em janeiro, garante o presidente do clube. E Rashford poderá ser uma contratação para a próxima época... "Porque não?", apontou A-Khelaifi.

Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG, negou os rumores que dão conta de uma possível saída de Lionel Messi no mercado de janeiro. O argentino está "muito feliz" em Paris, garante.

"Ele está muito feliz, isso pode ver-se na seleção da Argentina. Se um jogador não estiver feliz, isso nota-se nas performances. Ele tem estado excelente no PSG, e também está a marcar golos e a assistir pela seleção. O que combinamos foi que depois do Mundial'2022 iríamos conversar. Mas ambas as partes estão contentes", referiu, em declarações à televisão britânica Sky Sports.

Messi tem mais dois anos de contrato com os parisienses. Nos últimos tempos tem-se falado de uma eventual transferência para o Inter Miami, da MLS.

Outro dos temas de conversa foi Marcus Rashford, avançado que termina contrato com o Manchester United no final da temporada e que agrada a Al-Khelaifi. "É um jogador fantástico. E de graça? Todos os clubes vão andar atrás dele, definitivamente. Nós não escondemos, já falamos anteriormente sobre haver interessa. Mas o momento não foi o melhor para nenhum dos lados. Talvez no verão, porque não? Se ele ficar livre, poderemos falar diretamente com ele. Mas não vai acontecer agora. Deixemo-lo focar-se no Mundial. Em janeiro, se tivermos interesse, falaremos com ele", revelou o dirigente catari.