"A seguir a Ronaldo e Messi, estava lá eu. Todos os grandes me queriam"

Giuseppe Rossi

 foto Instagram/Giuseppe Rossi

Guiseppe Rossi, internacional italiano, lembrou momento da carreira em que estava, praticamente, no topo do futebol espanhol

Figura do Villarreal na segunda metade da primeira década do século, Guiseppe Rossi recordou os melhores anos da carreira. O internacional italiano lembrou que, retirando Messi e Ronaldo da equação, estava no topo.

"Houve um ano no Villarreal, temporada 2010/11. Nesse ano explodi. Joguei de maneira consistente e fiz 32 golos divididos pela La Liga e pela Liga Europa. Em Espanha, a seguir a Ronaldo e Messi, estava lá eu. Todos os grandes me queriam", afirmou, em entrevista ao AM.

Depois de ter feito três golos em 14 jogos pelo 15º classificado da segunda divisão italiana, Rossi encontra-se, nesta altura, sem clube. Ficam, ainda assim, os números no Villarreal, onde disputou um total de 192 jogos, marcando em 82 ocasiões.