A promessa do governo peruano se a seleção chegar ao Mundial

A promessa do governo peruano se a seleção chegar ao Mundial

O Peru discute, esta madrugada, a presença no Mundial'2018

O Ministério do Trabalho peruano decretará o 16 de novembro de 2017 como um dia não laboral, caso a seleção afaste, esta madrugada, a Nova Zelândia e garanta o apuramento para a fase final do Mundial'2018.

Em comunicado, o ministério destaca a necessidade de criar medidas que "facilitem a natural celebração" do apuramento, pelo que os trabalhadores poderão ganhar uma espécie de feriado.

"Se o objetivo for cumprido, será necessário adotar medidas que facilitem a natural celebração desta qualificação. Por isso, se a qualificação para o Mundial'2018 fora alcançada, será declarado um dia não laboral na quinta-feira, 16 de novembro (sujeito a compensação), obrigatório para o setor público e opcional para o setor privado. A recuperação das horas estará sujeita a parâmetros de razoabilidade e não afetará o descanso semanal obrigatório do trabalhador", pode ler-se no comunicado.

Recorde-se que Peru e Nova Zelândia defrontam-se, esta quinta-feira, pelas 2h15, em encontro da segunda mão do play-off intercontinental de qualificação para o Mundial. Na primeira mão, peruanos e neozelandeses não saíram do nulo.