Premium A incrível carreira de Loco Abreu, o inesgotável rei das transferências

A incrível carreira de Loco Abreu, o inesgotável rei das transferências
Filipe Alexandre Dias

Marcar golos é com o avançado de 43 anos, mas a sua especialidade mesmo é transferir-se. Por 11 países diferentes, a mudança para o 30º clube da carreira já é especulada

Do Uruguai ao Brasil. Da Argentina ao Chile. De El Salvador ao Equador. Do Paraguai ao México. De Espanha à Grécia e até a Israel. Não, não estamos a adaptar a letra de "Latin'américa", dos inesquecíveis Jafumega. Trata-se mesmo da incrível carreira de Washington Sebastián Abreu Gallo, o Loco Abreu, que, com 43 anos, não para de jogar... nem de se transferir.

É isso mesmo: o colorido atacante uruguaio continua a dar largas ao seu trajeto de saltimbanco, razão porque é, nada menos, do que o mais transferido de um clube para outro entre todos os jogadores profissionais de futebol, segundo o livro de recordes do Guinness, que o levou por onze países.