Tottenham sobe ao quinto lugar da Premier League com serviços mínimos frente ao Burnley

Tottenham sobe ao quinto lugar da Premier League com serviços mínimos frente ao Burnley
Redação

Golo solitário de Son na segunda parte foi decisivo para os "spurs" voltarem aos triunfos na I Liga inglesa. Mourinho não viu nenhum remate à baliza contrária durante a primeira parte

O Tottenham, de José Mourinho, venceu, esta segunda-feira, em casa do Burnley pela margem mínima (0-1), em jogo da sexta jornada da Premier League, no Estádio Turf Moor, e ascendeu ao quinto lugar da tabela classificativa.

O único golo da partida, que encerrou mais uma ronda do campeonato, surgiu aos 76', com um cabeceamento certeiro de Son para o fundo da baliza contrária, após a conversão de um canto à direita por Lamela e um desvio de Kane, com a cabeça, na direção do avançado sul-coreano.

Son é, a par de Calvert-Lewin, avançado inglês do líder Everton, o melhor marcador da atual edição do principal campeonato inglês - ambos têm sete golos apontados.

Por outro lado, Kane já havia estado em clara evidência ao evitar, em cima da linha de baliza à guarda de Lloris, o remate com selo de golo de Tarkowski, defesa do Burnley, equipa que ainda não venceu na atual edição do campeonato inglês.

Com este resultado arrancado a ferros, o Tottenham voltou aos triunfos e alcançou o quinto jogo seguido sem perder na Premier League, somando 11 pontos ao fim de seis rondas.

O médio português Gedson Fernandes ficou de fora da ficha de jogo e o avançado brasileiro Vinícius, ambos emprestado pelo Benfica, preparava-se para entrar numa altura em que o nulo se mantinha, mas terminou no banco.