Polónia defronta França: "Defender Mbappé? Temos de andar numa scooter"

Polónia defronta França: "Defender Mbappé? Temos de andar numa scooter"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Em antevisão ao jogo com a França, dos oitavos de final do Mundial'2022, o selecionador Czeslaw Michniewicz e o avançado Milik fizeram elogios ao adversário e houve uma frase curiosa sobre Mbappé.

Polónia e França defrontam-se no domingo (15h00), num jogo referente aos oitavos de final do Mundial'2022. Este sábado, o selecionador Czeslaw Michniewicz e o avançado Arkadiusz Milik fizeram a antevisão ao encontro, em conferência de imprensa, e admitiram que têm de ter muito cuidado com o ataque gaulês e contra uma seleção em que creem não haver pontos fracos.

"Mbappé e Dembélé são mais rápidos do que nós. Tentei encontrar pontos francos na seleção francesa, mas não encontrei nenhum. Há apenas alguns erros que eles cometeram. Temos de ter cuidado e pressioná-los", apontou o treinador polaco.

Milik foi também questionado sobre Mbappé, uma das maiores figuras da equipa adversária, e teve uma tirada curiosa. "Como é que se defende o Mbappé? Temos de ser rápidos e andar de scooter [n.d.r uma mota]. É muito difícil defendê-lo individualmente, é um dos melhores do mundo. Temos de reagir como grupo, encontrar soluções coletivas", disse o avançado que atua na Juventus.

Czeslaw Michiniewicz admitiu que há problemas ofensivos na sua equipa e que não estão a ser criadas muitas oportunidades para servir o goleador Robert Lewandowski. "Estamos com problemas no processo ofensivo. Não criámos situações suficientes para o Lewandowski. Ele tem de conseguir estar na área e ter a bola. Contra a Argentina não o fizemos e temos de melhorar neste aspeto", explicou.