Jogadores do Irão terão cantado o hino sob ameaça e intimidação

Jogadores do Irão terão cantado o hino sob ameaça e intimidação
Redação

Segundo noticia o The Guardian, o governo iraniano ameaçou e intimidou o grupo que está no Mundial do Catar

Foi esta sexta-feira notícia que os jogadores do Irão cantaram o hino do país, depois de terem ficado em silêncio na jornada inaugural do Mundial do Catar em protesto contra o governo pela repressão e violação dos direitos das mulheres, mas o The Guardian revela que só cantaram o hino contra o País de Gales por terem sido ameaçados e intimidados, direta ou indiretamente, pelas autoridades do seu país.

Há dias, recorde-se, Mehdi Chamran, presidente do conselho municipal de Teerão, tinha avisado que não tolerariam que ninguém desrespeitasse o hino nacional. Outro aviso, segundo o The Guardian, foi a detenção do futebolista Voria Ghafouri, há dias, um dos jogadores mais populares no Irão.

Refira-se que foi evidente a falta de entusiasmo dos jogadores iranianos a cantar o hino, alguns até o sussurraram apenas, e no estádio os adeptos iranianos assobiaram mesmo o hino.