FIFA decide: Equador vai mesmo ao Mundial do Catar

FIFA decide: Equador vai mesmo ao Mundial do Catar
Redação

Tópicos

Chile e Peru podem ainda recorrer para o TAS, mas, para já, os equatorianos parecem ter lugar mais ou menos garantido na competição

Parece estar desfeita a dúvida quanto à eventual presença do Equador no Mundial do Catar. A FIFA confirmou o parecer original do Comité de Disciplina e recusou os recursos de Chile e Peru sobre o caso Byron Castillo.

"Após analisar a documentação recebida das partes e realizar a audiência correspondente, o Comité de Apelo ratificou a decisão do Comité Disciplinar e encerrou a investigação do caso iniciado contra a federação equatoriana", lê-se num comunicado da FIFA

O organismo que rege o futebol mundial tinha referido que o recurso estaria a conduzido por três juízes, que acabaram por decidir dar razão ao Equador no caso e, assim, permitir o apuramento da seleção para o Campeonato do Mundo.

O caso voltou a ganhar força no início desta semana, quando o jornal britânico o Daily Mail publicou um áudio, alegadamente de Byron Castillo, em que o atual lateral direito do Léon (equipa mexicana treinada pelo português Renato Paiva) assume ter nascido na Colômbia e também de ser três anos mais velho do que está registado (nasceu em 1995 e não 1998).

Agora, Chile e Peru poderão recorrer para o TAS.