Os valores que os clubes portugueses podem alcançar na Liga Europa

Os valores que os clubes portugueses podem alcançar na Liga Europa

O Sporting já garantiu quase três milhões de euros por ter lugar certo na fase de grupos.

Na Liga Europa os valores são muito mais baixos do que na Liga dos Campeões, sendo que o Sporting, por ter lugar certo na fase de grupos, já garantiu 2,92 milhões de euros, verba que subirá em função do ranking a 10 anos dos clubes participantes - de 71.430 euros para o 48.º até 3,428 milhões para o primeiro.

Entre os clubes com presença garantida na fase de grupos, os leões, vencedores da edição 2018/19 da Taça de Portugal e terceiros no último campeonato português, são sextos, atrás de Manchester United, Arsenal, Sevilha, Roma e CSKA Moscovo.

No que respeita a resultados, cada vitória na fase de grupos vale 570 mil euros e cada empate 190 - o remanescente das igualdades também será distribuído -, sendo que o vencedor de cada grupo encaixa um milhão de euros e o segundo meio milhão.

As formações que chegarem aos 16 avos ganham ainda meio milhão de euros, aos oitavos 1,1, aos quartos 1,5, às meias 2,4 e à final, a 27 de maio, em Gdansk, 4,5, com o vencedor, o sucessor do Chelsea, a ter direito a 4 extra.

Para o market pool estão reservados 168 milhões de euros, sendo que o Sporting ficará com 100%, 60% ou 40% do valor que couber a Portugal em função de estar só, com Sporting de Braga ou Vitória de Guimarães ou na companhia dos dois clubes minhotos.

Os vimaranenses, quintos no último campeonato, entram na segunda pré-eliminatória, face aos luxemburgueses do Jeunesse Esch ou aos cazaques do Tobol, e os bracarenses, quartos da I Liga 2018/19, começam na terceira pré-eliminatória.