Marselha entra na rota do Braga e há um insólito episódio com chuteiras para recordar

Marselha entra na rota do Braga e há um insólito episódio com chuteiras para recordar

O Marselha é o adversário do Braga nos 16 avos de final da Liga Europa

O Marselha voltou a entrar na rota de uma equipa portuguesa na presente edição da Liga Europa. Depois de ter defrontado o V. Guimarães na fase de grupos, o clube do sul de França vai agora medir forças com o Braga, nos 16 avos de final da competição.

Olhando para o histórico das duas equipas, o saldo não dá vantagem a qualquer uma das formações (um triunfo para cada), mas salta à vista um insólito episódio com as chuteiras dos jogadores do Braga, antes do último confronto entre os dois clubes, em jogo da quarta jornada do grupo F da edição 2015/16 da Liga Europa.

Depois do habitual treino de adaptação ao relvado do Vélodrome, os jogadores do Braga deixaram as chuteiras no balneário do recinto da equipa francesa, mas a verdade é que as botas dos futebolistas arsenalistas acabaram por desaparecer.

Apesar do incidente, a UEFA não fez qualquer alteração ao horário do jogo, decisão que levou o clube minhoto a atuar sob o protesto. A partida terminou com a vitória do Marselha (1-0, golo de Nkoudou aos 39 minutos), mas o Braga viria a terminar na primeira posição do grupo - que também contava com as presenças de Slovan Liberec e Groningen - com 13 pontos conquistados.

No outro jogo entre as duas equipas, também na mesma edição da Liga Europa, o Braga recebeu e bateu o Marselha por 3-2. Hassan, Wilson Eduardo e Alan apontaram os golos do triunfo minhoto, ao passo que Alessandrini e Batshuayi fizeram os tentos da formação francesa.