Inter vence e Conte repete feito inédito desde Mourinho

Inter vence e Conte repete feito inédito desde Mourinho

O emblema de Milão não atingia as meias de uma prova europeia desde 2009/10, quando venceu a Liga dos Campeões, sob o comando de José Mourinho.

Em Dusseldorf, o Inter venceu o Leverkusen por 2-1 e garantiu um lugar nas meias-finais da Liga Europa, ficando agora à espera do adversário que sairá do embate entre os ucranianos do Shakhtar Donetsk, treinado pelo português Luís Castro, e os suíços do Basileia.

O emblema de Milão não atingia as meias de uma prova europeia desde 2009/10, quando venceu a Liga dos Campeões, sob o comando de José Mourinho.

O médio Nicolò Barella adiantou os "nerazzurri', aos 15 minutos, antes de Romelu Lukaku dilatar a vantagem, aos 21, anotando o quarto tento na prova e o sexto nas provas europeias desta época, tornando-se o primeiro jogador da história do Inter a marcar em seis jogos consecutivos na Europa - já tinha somado dois tentos nos dois últimos jogos da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Kai Havertz, que poderá estar a caminho do Chelsea, ainda reduziu para a formação alemã, aos 24 minutos, mas o golo revelou-se insuficiente para as pretensões dos farmacêuticos, num encontro no qual o Inter ainda viu dois penáltis serem-lhe negados, após retificação do videoárbitro (VAR).

As meias-finais da Liga Europa estão agendadas para 16 e 17 de agosto, em Colónia e Dusseldorf.