Gonçalo dedica Liga Europa a Domingos Paciência: "É o troféu que lhe falta"

Gonçalo dedica Liga Europa a Domingos Paciência: "É o troféu que lhe falta"
Redação com Lusa

Declarações do avançado Gonçalo Paciência à SportTV após a final da Liga Europa, disputada em Sevilha, que terminou com a vitória do Eintracht Frankfurt sobre o Rangers, após penáltis.

Melhor momento da carreira: "Não tenho muitas palavras, é fantástico. É provavelmente o melhor momento da minha carreira até agora. Sou internacional numa equipa que é especial para mim. Tenho uma oportunidade no estrangeiro de me mostrar no futebol europeu, numa liga boa. É incrível. Este clube é um clube diferente, não só pelos adeptos, mas também pela mentalidade que tem dentro do clube, é um clima incrível. Dentro da equipa, na cidade, os fãs. É uma simbiose perfeita que há muito já não via. Este clube tem algo especial e merecia isto, agora é festejar."

Sobre a época: "Todos tivemos os nossos momentos, claro que não joguei o que gostaria, mas tive momentos importantes, na Liga Europa e no campeonato, e sinto-me importante, um deles. Acho que durante toda a época foram vários jogadores a marcar, a resolver, a jogar bem e isso faz com que a equipa cresça num todo. Não joguei, mas queria ganhar a taça, esta medalha."

Dedicatória: "Inevitavelmente ao meu pai, é o troféu que lhe falta. Por tudo o que ele passa comigo e por mim, para ele é bonito, é o troféu que falta na carreira dele, como treinador e jogador e está perfeito lá em casa agora".