Confrontos entre adeptos de Standard e Wolves: vídeos e fotos de mais violência no Porto

Confrontos entre adeptos de Standard e Wolves: vídeos e fotos de mais violência no Porto

As redes sociais têm sido o veículo para a divulgação de imagens dos confrontos entre os adeptos do Standard de Liège e Wolves

O pedido de reforço de meios da PSP, feito esta quinta-feira por Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, é o último episódio de uma triste história de violência no Porto envolvendo adeptos do Standard Liège e Wolverhampton, equipas que hoje defrontam V. Guimarães e Braga na Liga Europa.

Em comunicado, a Câmara do Porto refere que Rui Moreira escreveu hoje uma carta de protesto ao Ministério da Administração Interna (MAI), pedindo "uma clara e veemente reivindicação de mais meios, melhor enquadramento legal e que o Governo abandone o negacionismo em que caiu sobre" segurança pública.

A carta surge na sequência de confrontos ocorridos desde terça-feira, na cidade do Porto, entre adeptos ingleses e belgas, e divulgados em redes sociais, situação que levou também Rui Moreira a transmitir ao Comando Metropolitano do Porto da PSP "preocupação" pelo sucedido.

"Face à incapacidade ou falta de vontade política do Ministério da Administração Interna para encarar de frente o problema e assumir que terá de aumentar o investimento nesta área fundamental de um Estado de Direito, que significa a segurança pública, o presidente da Câmara do Porto escreveu hoje uma carta ao ministro da Administração Interna, a quem, desta forma, e mais uma vez, apresenta uma clara e veemente reivindicação de mais meios, melhor enquadramento legal e que o Governo abandone o negacionismo em que caiu sobre obre esta matéria", lê-se no comunicado.

O município recorda que o presidente da Câmara revelou recentemente que, segundo números oficiais, o Comando Metropolitano do perdeu desde 2011 cerca de 12% do seu efetivo, estando prevista a sua contínua diminuição por falta de formação de novos agentes no país.

Fonte da PSP disse a que, "ao longo do dia" de quarta-feira, "os adeptos ingleses e belgas que estão no Porto para os jogos de futebol envolveram-se em escaramuças. A situação foi mais intensa depois das 15h00, acalmou depois, e a seguir ao jantar voltou a intensificar-se até cerca das 00:00", sendo que pelas 00h45 a situação estava "mais calma".

Segundo a mesma fonte, os confrontos ocorreram em vários locais, como as Galerias de Paris ou a zona dos Clérigos, tendo sido danificada uma esplanada.

A verdade é que as redes sociais têm sido o veículo para a divulgação de imagens dos confrontos entre os adeptos do Standard e Wolves, sendo fácil encontrar vídeos e fotografias, a última das quais a de um alegado adepto inglês que diz ter sido agredido por belgas à porta de um bar. A imagem, bastante forte, revela a violência das agressões ao alegado adepto inglês no Porto.