Com mais de 20 mil alemães em Camp Nou, Eintracht ganha e elimina Barcelona

Com mais de 20 mil alemães em Camp Nou, Eintracht ganha e elimina Barcelona
Redação

Empate a uma bola na primeira mão serviu de pouco ao emblema catalão, que viu o seu estádio pintado com as cores do adversário

Numa atmosfera estranha, o Barcelona disse adeus a um dos objetivos da época: a Liga Europa. Diante de um Eintracht Frankfurt que contou com mais de duas dezenas de milhares de adeptos, os catalães caíram, por 2-3, e foram eliminados de mais uma prova europeia.

Depois do empate a uma bola, na primeira mão, e com mais de 20 mil alemães nas bancadas - outros milhares ficaram nas ruas -, o Eintracht já vencia por 0-3 ao minuto 67, depois do bis de Kostic e do grande golo de Borré, pelo meio.

Nos minutos finais, já mesmo dentro do período de compensação, o Barcelona reduziu, por intermédio de Busquets e de Depay, este último de grande penalidade, no último lance, mas já não houve tempo para forçar o prolongamento.

Artur Soares Dias foi o árbitro da partida e expulsou Ndicka, no lance da grande penalidade, no fim da compensação. Gonçalo Paciência não saiu do banco de suplentes do Eintracht.