Reação à Superliga Europeia: "Considero isto como a Liga Power Point"

Reação à Superliga Europeia: "Considero isto como a Liga Power Point"
Redação

Ora, entre as primeiras reações à SuperLiga Europeia está a do presidente da LaLiga

A UEFA prepara-se para oficializar, esta segunda-feira, o novo formato da Liga dos Campeões, a entrar em vigor em 2024, mas as últimas informações dão conta que a ideia de criar uma Superliga Europeia não está esquecida.

Escreve o jornal "The Times" que 11 clubes já deram o "sim" à entrada nesta prova, que surgiria como alternativa à Champions: Manchester United, Liverpool, Arsenal, Chelsea e Tottenham são alguns deles. Dos grandes clubes ingleses, apenas falta o Manchester City.

Adivinhava-se, a julgar, por esta informação, uma verdadeira "guerra aberta", depois de a UEFA e da FIFA já terem ameaçado com sanções aos clubes que participem em competições não reconhecidas pelos dois organismos. O " The Times" fala mesmo no possível recurso aos tribunais.

Ora, entre as primeiras reações está a do presidente da LaLiga, Javier Tebas, recentemente eleito como representante das Ligas Europeias no comité executivo da UEFA. O dirigente espanhol deixa bem clara a rejeição total deste projeto: "Considero isto como a Liga Power Point. Estes clubes demonstram uma total falta de compreensão de como funciona a indústria. Claro que nem a UEFA nem as ligas a vão aceitar", disse este domingo.