"Não vi um Manchester City que quisesse realmente ir à final da Champions"

"Não vi um Manchester City que quisesse realmente ir à final da Champions"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Declarações de Wesley Sneijder, antigo jogador do Real Madrid.

Wesley Sneijder, antigo jogador do Real Madrid, abordou a "remontada" operada na quarta-feira pelo emblema "merengue" nas meias-finais da Liga dos Campeões, frente ao Manchester City, depois de ao minuto 89 estar com pé e meio fora da competição.

O neerlandês, que antes da partida acreditava numa reviravolta na eliminatória [os "citizens" haviam triunfado por 4-3 na primeira mão, em Inglaterra], admite que depois do 0-1 do emblema inglês já não pensava que fosse possível o que depois veio a suceder.

"Depois do 0-1 do Manchester City, já não acreditava nisso [reviravolta na eliminatória]. Mas deram um sinal de que não se davam por vencidos e mostraram essa crença até ao último minuto. Viu-se a forma como eles saíram do balneário. Não se dão como vencidos e isso é uma qualidade enorme", começou por dizer ao canal neerlandês "RTL 7".

"Da mesma maneira que vi um Real Madrid que lutou, não vi um Manchester City que quisesse realmente ir à final. Kevin de Bruyne ter sido substituído diz muito, não diz? Não vi ninguém que tivesse muita vontade de chegar à final. Mahrez também não, porque o seu único remate à baliza [o golo], foi o único que saiu bem. Eles estavam demasiado ansiosos", concluiu.