FC Porto e Benfica à espera do sorteio: o que seria bom e mau no plano teórico

FC Porto e Benfica à espera do sorteio: o que seria bom e mau no plano teórico

Sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões realiza-se esta quinta-feira.

Confirmada a entrada do Benfica para o Pote 2 do sorteio (17h00) para a fase de grupos da Liga dos Campeões, resta torcer por reencontros com russos e holandeses. O Lokomotiv Moscovo, campeão russo com Éder e Manuel Fernandes nas fileiras, é o (único) rival desejável do Pote 1. FC Porto e Benfica, que deixam Portugal pela nona época seguida com, pelo menos, duas equipas na fase de grupos, fugiriam aos campeões Juventus, Bayern, PSG, Man. City, Barcelona, ao tricampeão, Real Madrid e ao dono da Liga Europa, Atlético Madrid.

Só o Benfica defrontou o Lokomotiv e ganhou os dois encontros dos "oitavos" da Champions de 1996/97. No Pote 3, os holandeses Ajax e PSV são bons cenários apesar da desventura histórica dos encarnados. O CSKA é o "doce" seguinte: o Benfica sofreu uma eliminação em 2005, mas o FC Porto ganhou quatro em seis jogos contra os moscovitas e todos os que disputou fora. Assim, evitar-se-iam os rivais das cinco principais ligas. O Estrela Vermelha arredou o RB Salzburgo e fez subir o Valência de Guedes para o Pote 3; a passagem do Benfica baixou o finalista Liverpool e gerou, potencialmente, um "grupo da morte". No Pote 4, Hoffenheim e Inter são de evitar.

Vejamos, então, aquele que seria um sorteio teoricamente bom para FC Porto ou Benfica, e ainda um outro que que pdoeria ser encarado muito pouco afortunado.

Caso 1: Lokomotiv, FC Porto/Benfica, PSV, Viktoria Plzen.

Caso 2: Real Madrid, FC Porto/Benfica, Liverpool, Inter.

A composição dos potes:

Pote 1: Real Madrid, Atlético, Barcelona, Bayern, Manchester City, Juventus, PSG, Lokomotiv Moscovo.

Pote 2: Dortmund, FC Porto, Manchester United, Shakhtar Donetsk, Nápoles, Tottenham, Roma, Benfica

Pote 3: Liverpool, Schalke 04, Lyon, Mónaco, Ajax, CSKA Moscovo, PSV e Valência.

Pote 4: Viktoria Plzen, Club Brugge, Galatasaray, Young Boys, Inter, Hoffenheim, AEK Atenas e Estrela Vermelha