"Disse aos meus assistentes para encontrarem um exemplo que tivéssemos feito bem..."

"Disse aos meus assistentes para encontrarem um exemplo que tivéssemos feito bem..."
Redação

Declarações de Jurgen Klopp, treinador do Liverpool, após garantir a presença da final da Liga dos Campeões, com uma reviravolta em Espanha, 3-2, frente ao Villarreal, depois de chegar ao intervalo a perder por 2-0.

Jurgen Klopp, treinador do Liverpool, revelou o que disse aos jogadores ao intervalo do encontro desta terça-feira, frente ao Villarreal, ao qual chegaram a perder por 2-0 e, por isso, com a eliminatória da meia-final da Liga dos Campeões empatada.

"Ao intervalo disse-lhes [aos jogadores] que tinham de jogar melhor na segunda parte do que na primeira. Disse aos meus assistentes para encontrarem um exemplo de algo que tivéssemos feito bem na primeira parte e que pudéssemos mostrar aos jogadores para recordar, mas os meus rapazes disseram que não [havia], por isso disse-lhes que tínhamos de encontrar mais espaços, que precisávamos de mais flexibilidade e que deixássemos de jogar como queriam, com marcação homem a homem", começou por dizer o treinador alemão.

"Não posso respeitar mais a forma como o Villarreal jogou na primeira parte. Não falei com os meus jogadores da sua capacidade física para continuar assim, falei-lhes de soluções a ver com o futebol, de como tínhamos de mudar o jogo, de forçar o nosso próprio futebol", concluiu.