Chegada do Liverpool à final da Champions vale registo único a Klopp

Chegada do Liverpool à final da Champions vale registo único a Klopp
Redação

Liverpool eliminou esta terça-feira o Villarreal da competição.

A presença do Liverpool na final da Liga dos Campeões, garantida esta terça-feira com a reviravolta em Espanha, por 3-2, sobre o Villarreal, na segunda mão das meias-finais da prova, depois de ter chegado a perder por 2-0 ao intervalo, vale um registo único ao treinador dos "reds" Jurgen Klopp.

O técnico alemão torna-se assim o primeiro a chegar à final da Taça da Liga inglesa [triunfou a 27 de fevereiro, sobre o Chelsea, nas grandes penalidades], Taça de Inglaterra [jogo agendado para 14 de maio, novamente frente ao Chelsea] e Liga dos Campeões na mesma temporada.

Jurgen Klopp iguala ainda o recorde de Carlo Ancelotti, Marcello Lippi e Alex Ferguson, treinadores com maior número de presenças em finais da Champions: quatro. Klopp-Borussia Dortmund (2013) e Liverpool (2018, 2019 e 2022); Ancelotti-Milan (2003, 2005 e 2007) e Real Madrid (2014); Marcello Lippi-Juventus (1996, 1997, 1998 e 2003); Alex Ferguson-Manchester United (1999, 2008, 2009, 2011).

De salientar que Carlo Ancelotti poderá isolar-se nesta lista caso na quarta-feira consiga levar o "seu" Real Madrid à final da competição. Na primeira mão, em Inglaterra, o Manchester City venceu por 4-3.